Singapura

Destino de férias de cidade
Fotos de: Singapura
Mapa de localização
Aeroportos
Hotéis e outros Alojamentos
O que visitar
Onde Comer
Onde Divertir
Consulados & Embaixadas
World Nomads
O Seguro de viagem com as maiores coberturas

Singapura
Singapura (FO 1943: Cingapura), oficialmente República de Singapura, é uma cidade-Estado localizada na ponta sul da Península Malaia, no Sudeste Asiático, a 137 quilómetros ao norte do equador. Um país insular constituído por 63 ilhas, é separado da Malásia pelo Estreito de Johor, ao norte, e das Ilhas Riau (Indonésia) pelo Estreito de Singapura, ao sul. Singapura é altamente urbanizada, mas quase metade do seu território é coberto por vegetação. No entanto, mais terras estão sendo criadas para o desenvolvimento por meio de aterramento marítimo.

Singapura tinha sido uma parte de diversos impérios locais desde que foi habitada no século II d.C. A Singapura moderna foi fundada como um posto comercial da Companhia das Índias Orientais por Sir Stamford Raffles em 1819 com a permissão do Sultanato de Johor. Os britânicos obtiveram a soberania completa da ilha em 1824 e a cidade se tornou um dos Estabelecimentos dos Estreitos britânicos em 1826. Singapura foi ocupada pelo Império do Japão na Segunda Guerra Mundial e voltou ao domínio britânico após a guerra. Tornou-se auto-governada internamente em 1959. O território uniu-se a outros ex-territórios britânicos para formar a Malásia em 1963 e tornou-se um Estado totalmente independente dois anos mais tarde após a separação da Malásia.
Documentação
Os visitantes da UE portadores de passaporte recebem um visto de turista emitido à chegada ao aeroporto, com validade até três meses.

Os visitantes da UE que pretendam deslocar-se a Singapura devem ser portadores de passaporte cujo prazo de validade mínimo seja, à data de entrada no país, de, pelo menos, 6 meses.
Língua oficial
Inglês (principal), Malaio (nacional), Mandarim, Tamil
Moeda
Dólar de Singapura
Turismo
A cidade-estado de Singapura é como um estranho no ninho no sudeste asiático. Esqueça o trânsito caótico, a pobreza e a desorganização dos vizinhos. Uma das mais modernas nações do continente, esse tigre asiático é high-tech por natureza. As suas ruas são limpas e organizadas, o sistema de transporte ultra-eficiente, shopping centers estão espalhados a cada esquina e seus prédios não deixam nada a desejar aos de cidades como Nova York ou Tóquio. A população de chineses, malaios e indianos encontrou uma forma de convivência pacífica, ainda que por vezes as diferenças culturais sejam tão evidentes que a impressão é de que se trata de três países em um. Também não é raro encontrar ocidentais expatriados que vivem no país a trabalho.

Tamanho sucesso é explicado por um governo que regulou o país, desde sua exclusão da Malásia, em 1965, com mão-de-ferro. Tudo no país é regulado e multas são aplicadas por atos aparentemente banais, como atravessar fora da faixa, jogar mascar chiclete ou comer jaca no metrô. Respeitando as regras, a chance é grande de ter uma experiência agradável. O país é uma meca das compras e todas as maiores grifes internacionais estão representadas. A região de Clarke Quay, de frente para o mar, concentra as melhores opções de restaurantes e vida noturna. Sem contar o Singapure Zoo, que com o seu conceito de eliminar as jaulas dos animais, o coloca entre um dos melhores do mundo.

O país é largamente utilizado como meio aéreo para explorar não somente o Sudeste Asiático, mas também outros destinos no Oriente, como Japão e China, por conta de sua premiada companhia aérea Singapore Airlines, considerada uma das melhores do mundo.
Gastronomia
A gastronomia de Singapura é um reflexo e uma impressionante mistura de culturas que por aqui passaram ao longo dos anos, deixando a sua herança. A culinária de Singapura encontra-se repleta de sabores Portugueses, Ingleses, malaios, chineses, japoneses e de outras culturas que passaram por aqui ao longo dos tempos, deixando a sua marca visível nos dias de hoje em muitos dos restaurantes de Singapura.
A gastronomia de Singapura é o resultado de uma amálgama de etnias e de culturas diversas, entre as quais estão as asiáticas de onde se destaca a indiana, A chinesa ou a malaia. Em Singapura não terá problemas para encontrar um restaurante indiano, um restaurante chinês, japonês ou restaurantes especializados em cozinha europeia. A cozinha Tamil é uma das que mais se destacam no sudeste da Ásia e, claro, está muito presente neste país.
O Laksa é um dos pratos tradicionais do país, as bancas de comida ambulante também são muito tradicionais aqui.
Comer fora em Singapura é uma experiência diferente cidade diferentes. A comida chinesa costeletas de porco ou presunto vendida nos mercados é uma tradição neste país.
O macarrão com legumes e carne, o bolo de cenoura, arroz e peixe ... são ingredientes típicos da culinária de Singapura, em especial quando se encontra relacionada com a culinária chinesa.
Em relação ao frango frito a inspiração veio da Malásia. Trata-se de um dos pratos mais populares. Frango ao curry com batatas e ovos ... o caril é uma das influências da India na culinária local de Singapura. Carne, frango, peixe e legumes, juntamente com o arroz, formam a base da inspiração na culinária da Malásia na gastronomia de Singapura.
Se falamos de culinária Hindu, o molho tikka de galinha, o caril, o arroz de legumes e as verduras formam a base da culinária junto com a carne de cordeiro.
Clima
Sob o sistema de classificação climática de Köppen, Singapura tem um clima equatorial, sem estações distintas. O seu clima é caraterizado por temperatura uniforme e pressão, alta humidade e chuvas abundantes. As temperaturas variam entre 22 °C a 34 °C. Em média, a umidade relativa é de cerca de 90% na parte da manhã e 60% à tarde. Durante a chuvas fortes e prolongadas, a humidade relativa muitas vezes chega a 100%. As temperaturas mais baixas e mais altas já registradas foram de 19,4 °C e 35,8 °C, respetivamente. Junho e julho são os meses mais quentes, enquanto novembro e dezembro compõem a estação das monções húmidas. De agosto a outubro, muitas vezes há neblina, algumas vezes grave o suficiente para motivar as advertências de saúde pública, devido às queimadas na vizinha Indonésia. Singapura não possui horário de verão ou uma alteração no fuso horário de verão. A duração do dia é quase constante durante todo o ano, devido à localização do país, perto do equador.

Cerca de 23% do território de Singapura é constituído de terras de floresta e reservas naturais. A urbanização tem eliminado muitas áreas de floresta primária anteriores, sendo a única área remanescente de floresta primária a Reserva Natural de Bukit Timah. Uma variedade de parques são mantidos com a intervenção humana, como Jardim Botânico de Singapura.
Segurança
As condições de segurança são muito boas. A taxa de criminalidade é bastante reduzida.

Note-se a aplicação de sanções pecuniárias a quem fume em áreas não autorizadas, deite lixo para o chão ou seja apanhado a mascar pastilha elástica no metropolitano e, sobretudo, alerta-se para o facto de a lei em Singapura permitir a detenção imediata de quem for acusado de atentado ao pudor em relação a uma mulher. Ainda nesta matéria, convém alertar para a prática habitual de técnicas de sedução por parte de certas jovens que escondem, no fundo, esquemas de extorsão de dinheiro por via de processos de acusação judicial.

O tráfico de drogas é punível com a pena de morte.
Saúde
A rede sanitária é muito boa. É recomendável a subscrição de um bom seguro de saúde, pelos elevados custos associados à saúde no território. Apesar de não ser necessária vacinação para se deslocar a Singapura, recomenda-se uma consulta do viajante. Frise-se que para muitos países da região são necessárias precauções adicionais.
Eletricidade e Telecomunicações
Eletricidade
A eletricidade é de 230V e 50 Hz.
Aconselha-se ter um kit universal de adaptadores para as tomadas.

Telecomunicações
Facilidade de acesso telefónico e de uso da Internet.

Outros destinos turísticos mundiais

San Andrés
Colômbia
Seychelles
Seicheles
Creta - Grécia
Grécia
Ilhas Canárias
Espanha

Destinos de cidade e escapadelas de fim de semana

Frankfurt
Alemanha
Antofagasta
Chile
Iquitos, Peru
Peru
Pisa, Itália
Itália
Porquê reservar com ROTAS TURISTICAS
Os melhores preços
As nossas parcerias com os maiores operadores mundiais, oferecem uma pesquisa dos melhores preços de mercado.
Mais opções
No Rotas Turísticas pode reservar o hotel, comprar a passagem aérea, reservar o transfer do aeroporto para o hotel e vice-versa, reservar as excursões locais, alugar o carro, fazer o seguro de viagem e consultar os locais a visitar e onde ir
Dicas & Destinos de férias
Centenas de destinos de férias com todas as opções que lhe permitem facilmente escolher o destino que melhor combina com as suas férias de sonho.


Siga-nos nas redes sociais