Bahamas

Destino de férias em Ilha Tropical
Fotos de: Bahamas
Mapa de localização
Aeroportos
Hotéis e outros Alojamentos
Campos de Golfe
O que visitar
Consulados & Embaixadas
World Nomads
O Seguro de viagem com as maiores coberturas

Bahamas
As Bahamas ou Baamas, oficialmente Comunidade das Baamas, são um país insular constituído por mais de inúmeras ilhas, ilhotas e ilhéus no oceano Atlântico, a norte de Cuba e da ilha Espanhola (Haiti e República Dominicana), a noroeste do território ultramarino britânico das ilhas Turcas e Caicos e a sudoeste do estado estadunidense da Flórida. A sua capital é Nassau na ilha de Nova Providência. Geograficamente, as Baamas situam-se no mesmo arquipélago que Cuba, Espanhola e Turcas e Caicos.
A população nacional, composta por aproximadamente 345,7 mil habitantes, está distribuída em apenas 30 das muitas ilhas das Bahamas. Esses habitantes enfrentam alguns problemas sociais, principalmente a violência provocada pelo tráfico de drogas. No entanto, o país apresenta bons indicadores, tais como baixas taxas de analfabetismo e de mortalidade infantil (apena 8 óbitos para cada mil nascidos vivos), além do bom serviço de saneamento ambiental.
Originalmente habitadas pelos Lucaianos, um ramo dos Taínos, falantes do aruaque, as Baamas foram o local do primeiro desembarque de Cristóvão Colombo no Novo Mundo em 1492. Apesar de os espanhóis nunca terem colonizado as ilhas, transportaram os lucaianos como escravos para a ilha Espanhola. As ilhas permaneceram quase despovoadas entre 1513 e 1648, quando colonos britânicos da Bermuda se estabeleceram na ilha de Eleutéria.
As Baamas tornaram-se uma colónia da coroa em 1718, quando os britânicos apertaram o cerco à pirataria. Depois da Guerra da Independência dos Estados Unidos, milhares de lealistas (apoiantes da monarquia britânica) e escravos africanos deslocaram-se para as Baamas e implantaram uma economia com base em plantações. O tráfico de escravos foi abolido no Império Britânico em 1807 e muitos africanos libertados de navios negreiros pela Marinha Real foram colocados nas Baamas durante o século XIX. A escravatura em si foi abolida em 1834. Os descendentes destes escravos constituem a maioria da população baamiana atual.
As belas paisagens naturais das ilhas das Bahamas, aliadas ao clima quente, atraem milhões de turistas ao país, fazendo dessa atividade a principal fonte de arrecadação de recursos financeiros. Outras importantes fontes de receitas são a agricultura (cana-de-açúcar, algodão, sisal, frutas, etc.), produção de cimento e a indústria pesqueira.
Turismo
As Bahamas fornecem um turismo saudável, especialmente para os visitantes que vêm a terra a partir de navios de cruzeiro, ou por avião para umas férias tropicais. As pessoas da região, combinadas com raízes africanas e britânicas mostram-lhes a hospitalidade das Bahamas que atrai turistas de todo o mundo ano após ano. Estas 700 ilhas oferecem várias vantagens para os turistas Independentemente do tipo de férias.

As ilhas das Bahamas podem vangloriar-se de terem as mais límpidas águas oceânicas e o terceiro maior recife de coral do mundo. As Bahamas são ideais para atividades marítimas, incluindo mergulho, pesca e natação. Com tantas ilhas para explorar, o entusiasta de água pode visitar este arquipélago mais de 1.000 vezes e nunca ver a mesma vista subaquática duas vezes.

Se as belas águas das ilhas das Bahamas atraem turistas para uma aventura marinha, a terra oferece algo para todos. Em zonas urbanas maiores como Grand Bahama e Nassau, os turistas podem desfrutar de entretenimento que inclui discotecas, resorts, spas e casinos. Para aventuras ao ar livre, existem cavernas, quintas, fortalezas, aldeias e biodiversidade ao ar livre remoto, incluindo uma espécie rara de flores e o papagaio das Bahamas em perigo.
Clima
Clima temperado durante todo o ano nas Bahamas graças aos ventos alísios que sopram de maneira permanente (uma máxima de 32° C no verão e uma mínima de 16° C no inverno). O clima é muito ensolarado: 320 dias de sol por ano. A estação chuvosa dura de maio a novembro nas Bahamas, com fortes quedas de chuva, geralmente nocturnas e de curta duração.
Gastronomia
Nas Bahamas, devido ao grande desenvolvimento do turismo, encontram restaurantes de qualidade, de muito luxo, como bares modestos, onde se pode encontrar hambúrgueres de caracóis, servidos com uma mistura de cebola e cereais. Os caracóis são usados como padrão, a estrela da cozinha nas Bahamas.
Os peixes mais consumidos em Bahamas são marlin, atum , garoupa, sargo, entre muitos outros acompanhados com saladas abundantes, sumos de frutas e sobremesas de frutas.
O Conch (pronunciado konk), é confecionado de forma típica: frito, cozido, em saladas ou pratos de assado, lagosta grelhada ou salada, caranguejo grelhado, peixe grelhado com cereais, peixe ensopado com arroz e feijão. A carne Souse em salmoura, é outro prato popular.
Outro alimento popular é a lagosta, uma das muitas espécies de lagostas que são capturados nas águas do arquipélago, que geralmente se come cozido ou como ingrediente em diversos pratos ou saladas.
O caranguejo cozido no vapor, é outro deleite do país.
Além dos frutos do mar, os pratos de peixe fresco são o melhor que a cozinha das Bahamas tem, e de entre eles, um dos mais populares é o peixe ‘n’grits, que é o peixe fresco cozido acompanhado por uma massa de milho.
Aqueles que gostam de peixe não devem deixar de saborear uma outra das suas especialidades, a caldeirada de peixe, que é nada mais do que o peixe fresco cozido com salsa, tomate, cebola e especiarias diversas.
Sejam pratos de carne ou peixe, a maioria é acompanhada com legumes ou ervilhas, especiarias, tomates e cebolas acompanhamento típico das Caraíbas.
Para saborear e sentir o aroma das sopas, nada como experimentar uma saborosa sopa de ervilhas, feijão e legumes, que nada mais é do que um creme de ervilhas ou legumes, muito saboroso.
USE ( pronuncia-se sowse) é uma sopa muito original nas Bahamas e em todas as Caraíbas.
Os seus ingredientes além da água, são carne, sumo de limão, cebola, pimentão e aipo. A carne utilizada é geralmente de galinha, osso de carne, pernas de porco ou o pescoço de cordeiro, cujos ingredientes dão-lhe um sabor rico, e muito particular, que a maioria dos viajantes desejam repetir.
As ilhas têm uma grande variedade de frutas: banana, mamão, abacaxi e manga, além soursops, sapodillas e jujubas.
As sobremesas incluem, pudim de goiaba, abacaxi doce, sopa de creme de leite ou bolo de coco.
Digno de nota é a cerveja chamada Kalik, e entre as bebidas típicas, água de coco e gim misturado com leite, é uma das bebidas preferidas e Switcher, feito com limões nativos.
A população local, para mitigar o calor sufocante bebe água de coco misturado com algumas gotas de leite adoçado e gim, ou a bebida refrescante chamado Switcher, feito com limões.
Moeda
Dólar das Bahamas
Língua oficial
Inglês
Documentação necessária
Os requisitos de acessos são diferentes dependendo do país de residência do turista.

Cidadãos americanos
Para obter informações atuais sobre os regulamentos para viagens internacionais, visite a seção de viagens da Alfândega dos EUA e Proteção de Fronteiras Home Page: http://www.cbp.gov.

Canadian Citizens
Um cidadão canadense não precisam de visto para visitar as Bahamas e pode permanecer por um período máximo de 8 meses. O indivíduo, no entanto, deve ter os seguintes documentos:

Um passaporte canadense, com um prazo de validade que não seja inferior a 3 meses, depois de deixar as Bahamas (para viagens diretas) e não inferior a 6 meses (se em transito por outros países, como os EUA)
Um bilhete de regresso
Quando uma criança menor viajar com apenas um dos pais, uma carta com assinatura reconhecida de autorização do outro parente que não viajar, pode ser solicitado.

Residentes permanentes canadenses
Residentes Permanentes podem ficar nas Bahamas por 30 dias sem visto. Eles devem viajar com os seguintes itens:

Um passaporte válido a partir de seu país de origem, em que a sua data de validade, após o retorno de Bahamas, não seja inferior a três meses (para percursos diretos) e não inferior a 6 meses (se em transito por outros países, como os EUA)
Canadenses com residência permanente devem ter o cartão original desde que o prazo de validade não seja inferior a três meses (para percursos diretos) e não inferior a 6 meses (se em transito por outros países, como os EUA).
Um bilhete de regresso

Cidadãos latino americanos
Para entrar nas Bahamas, os cidadãos da América Latina são obrigados a apresentar um passaporte válido, que deve cobrir o período de estadia pretendido. Não é obrigado a ter um visto para as Bahamas se a estadia for inferior a 3 meses.
Ao partir das Bahamas o passaporte deverá ter seis (6) meses ainda de validade a partir da data de saída.
Bilhete de regresso ou bilhete de continuação da viagem, confirmação do hotel (se ficar em um hotel, ou nome e endereço de residência) e, se solicitado, a prova de fundos necessários para pagar as despesas durante a visita.
NOTA: Se usar um bilhete eletrônico, deve mostrar na Imigração uma cópia de seu itinerário de viagem e número de bilhete.
PASSAPORTE refere-se a um passaporte válido do país de nascimento.
VISA refere-se a apenas a um visto de entrada nas Bahamas. Se a pessoa nasce num país e é residente em outro, a documentação necessária é baseada no país de nascimento.

Outros países
Para entrar nas Bahamas, os cidadãos de países, que não os EUA e Canadá, são obrigados a apresentar um passaporte válido, que deve ser atual até o seu período de viagem, e alguns países também são obrigados a ter um visto de entrada.

Ao partir das Bahamas o passaporte deverá ter seis (6) meses ainda de validade a partir da data de saída.
Bilhete de regresso ou bilhete de continuação da viagem, confirmação do hotel (se ficar em um hotel, ou nome e endereço de residência) e, se solicitado, a prova de fundos necessários para pagar as despesas durante a visita.

NOTA: Se usar um bilhete eletrônico, deve mostrar na Imigração uma cópia de seu itinerário de viagem e número de bilhete.
PASSAPORTE refere-se a um passaporte válido do país de nascimento.
VISA refere-se a apenas a um visto de entrada nas Bahamas. Se a pessoa nasce num país e é residente em outro (outro que não EUA ou Canada), a documentação necessária é baseada no país de nascimento.

Alfândega e Imigração
Residentes permanentes nos EUA (não-cidadãos)
Para entrar nas Bahamas, residentes nos Estados Unidos que não sejam cidadãos precisam da seguinte documentação:
Cartão de Registo de Estrangeiro (Green Card).

Para visitas não superior a 30 dias
Um cartão de registo de estrangeiro inicial é necessário, juntamente com um passaporte nacional (passaporte de país de nascimento).

Para visitas superiores a 30 dias
Um passaporte nacional válido e um visto de entrada nas Bahamas são necessários para residentes não-cidadãos norte-americanos que desejam ficar mais de 30 dias.

Residentes permanentes no Canada (não-cidadãos)
Para entrar nas ilhas das Bahamas, os residentes no Canadá que não sejam cidadãos canadenses são obrigados a apresentar a seguinte documentação:
Passaporte

Para visitas não superior a 30 dias
Um passaporte nacional válido acompanhado de um cartão de residente permanente canadense.

Para visitas superiores a 30 dias
Contactar a uma embaixada da Bahamas ou Alto Comissariado.

Pedido de Visa
Existem várias embaixadas das Bahamas e consulados em todo o mundo onde se pode fazer a aplicação para obtenção de visto de entrada nas Bahamas.
Cuidados de saúde
EXIGÊNCIAS DE VACINAÇÃO
A maioria dos visitantes das Bahamas não precisam vacinas especiais antes de entrar no país. No entanto, os viajantes mais de um ano de idade devem ser vacinados contra a FEBRE AMARELA


CERTIFICADO DE VACINAÇÃO
Para todos os provenientes de países com o risco de infeção, tais como Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname e Venezuela, países africanos e Trinidad, nas Caraíbas. Devem ser vacinados 10 dias antes de entrar no Bahamas.
Informações podem ser encontradas nos seguintes sites:
www.cdc.gov /viagem
Organização Mundial de Saúde
Eletricidade
A ilha funciona com a voltagem de 120 volts e 60 Hz.

Outros destinos turísticos mundiais

Hong Kong
Hong Kong
Ilha de São Jorge - Açores
Portugal
Ilha de São Miguel - Açores
Portugal
Ilha de Martinique, Caraíbas
Martinica

Destinos de cidade e escapadelas de fim de semana

Joanesburgo
África do Sul
Nova Iorque, Estados Unidos
Estados Unidos da América
Bolonha
Itália
Tiradentes - Minas Gerais
Brasil
Porquê reservar com ROTAS TURISTICAS
Os melhores preços
As nossas parcerias com os maiores operadores mundiais, oferecem uma pesquisa dos melhores preços de mercado.
Mais opções
No Rotas Turísticas pode reservar o hotel, comprar a passagem aérea, reservar o transfer do aeroporto para o hotel e vice-versa, reservar as excursões locais, alugar o carro, fazer o seguro de viagem e consultar os locais a visitar e onde ir
Dicas & Destinos de férias
Centenas de destinos de férias com todas as opções que lhe permitem facilmente escolher o destino que melhor combina com as suas férias de sonho.


Siga-nos nas redes sociais