Site Map
  Home Home Forum Forum Minha conta Minha conta Participe Participe Contactos Contactos
Rotas Turísticas
www.rotasturisticas.com


Férias nas Ilhas Maurícias

Depois de 4 horas de viagem entre Joanesburgo e Maurícias chego finalmente ao aeroporto Seewoosagur Ramgoolam.
Logo no avião foi-nos dado os formulários que precisamos preencher para apresentar no controlo de fronteira.
Quero deixar aqui um elogio. De todos os países que já visitei e foram bastantes, Maurícias foi onde mais admirei o serviço da policia de fronteira.

Passado o controlo de passaporte, é hora de pegar as malas e partir à aventura para descobrir as belezas desta ilha.
Tinha já reservado carro para todo o período que ia ficar na ilha porque a minha intenção era mais de conhecer do que ficar apanhando sol o dia todo na praia. Para dormir não vou de férias, fico em casa.

Como o voo chegou já tarde (19 horas) liguei o GPS e segui para o hotel, sorte que a estrada é muito boa e rapidamente fiz os 74 km.

Fiz a reserva do hotel pelo Rotas Turísticas e escolhi o Ocean Beach Hotel & Spa. Muito bom, a relação preço qualidade é excelente, a praia privativa do hotel é muito boa, para quem só quer ficar na praia é o ideal e a localização muito melhor. Próximo de todos os serviços.

No dia seguinte à minha chegada fui à descoberta da ilha e a primeira sensação é de que estava numa qualquer ilha das Caraíbas. A cor da água e o visual é muito
idêntico.

A vantagem que temos ao estar numa ilha é de que mesmo que nos percamos dali não vamos sair, e fica fácil decidir para onde ir, só tem 3 opções: Sair do hotel e virar à esquerda ou à direita ou seguir em frente, seja qual for a direcção iremos chegar sempre ao mar. Eu decidi virar á direita e por aí iniciei a minha descoberta.

Fui parando em todas as praias, tirando fotos e filmando até chegar a hora do almoço, minha primeira surpresa, não tem assim tanta escolha de restaurantes e os preços são muito altos, acredito que tenham dois tipos de preço, um para turista e outro para o nacional, porque não acredito que paguem aqueles preços. Numa barraca de beira de estrada e por uma sandes e mais umas coisas e uma coca cola paguei quase 30 euros. Pelo que me informei o salário médio é por volta de 200 euros mensais.


No primeiro dia visitei 40% da ilha.
Nos 2 dias seguintes visitei o resto. Penso que percorri todas as estradas, fui a todas as praias, devo ter passado por todas as cidades, vilas e aldeias.
Tirei mais de 1600 fotos das quais seleccionei 411 que podem ver carregando neste link (
fotos Maurícias).
Podem também visualizar os vídeos.
Também seleccionei 22 lugares (
praias e outros ) que penso serem interessantes visitar.

Informações úteis:
O povo é de origem predominantemente indiana, africana e chinesa, é uma mistura de culturas e religiões convivendo em plena harmonia.

A língua oficial é o inglês, mas em certas partes da ilha falam mais francês apesar de no dia a dia entre eles falarem crioulo.

Senti que é uma ilha muito segura, não vi nem senti qualquer tipo de insegurança, as pessoas são prestáveis e simpáticas.

Não posso dizer que seja um destino barato porque não é, bebidas alcoólicas são bastante caras, uma cerveja num restaurante normal fica em torno de 3,5 euros, uma refeição nunca é menos de 20 a 25 euros por pessoa e isto num restaurante básico, se for para os mais luxuosos então os preços sobem para mais de 50 euros se tomar vinho os preços duplicam.

A cerveja phoenix é muito boa

A condução é feita á esquerda (maneira inglesa), a condução é muito tranquila e calma, não tem congestionamentos excepto um pouco na capital Port Louis e só nas horas de ponta e mesmo assim muito pouco, os condutores são cuidadosos e não se vê excessos de velocidade.

Alugar carro é talvez a melhor maneira de conhecer a ilha com custo mais baixo. Para conhecer toda a ilha precisa no máximo de 3 dias, em 3 dias tem tempo para conhecer tudo e ao mesmo tempo parar para tomar banho nas praias.
Convêm ter a ajuda de um bom GPS, isso facilita muito.

Vai encontrar plantações de cana do açúcar por toda a ilha uma vez que é a maior industria da ilha a seguir ao turismo.

Não esqueça de verificar se precisa de adaptador de corrente eléctrica, veja o exemplo que precisa para ligar os seus aparelhos.

Em resumo gostei mas não seria um lugar que eu voltaria novamente. Acho que é interessante conhecer.
O tempo ideal para umas férias na ilha é de 1 semana.
Eu visitei em outubro e apesar de nas informações que li não ser considerada a melhor altura, para mim penso ser sim a melhor època, menos turistas, menos confusão, preços mais acessíveis. A temperatura achei muito boa, nem muito calor e nem frio.

Não esperem um destino com muita animação, com bares por todo o lado que não tem. Toda a animação desenrola-se nos hotéis. Até restaurantes não tem muitas opções, digamos que muito poucas até.

A gastronomia é muito baseada na cozinha indiana, muito picante e muito caril. Carne de vaca só encontra nos hotéis, eu não encontrei em nenhum restaurante.

Responder / Comentar
 
Posted by:
Antonio Martins
Paderne, Portugal
Tópico Dica
Data 2014-10-26 19:15:06
Participações no Fórum 38
Consultado 15341 Vezes
Respostas 0
 
 
HOME | Quem somos | Politica de privacidade | Publicidade | Contactos | Mapa do Site